Porto do Açu participa de Programa de Educação Ambiental envolvendo escolas municipais do Norte Fluminense

Alunos de 16 unidades entraram no concurso de desenhos e redações com o tema resíduos sólidos

 

Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2017 – Estudantes do 4º e 5º anos de escolas municipais de São João da Barra, Campos, São José de Ubá e São Francisco de Itabapoana estão participando do Programa de Educação Ambiental Campo Limpo (PEA), desenvolvido pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (INPEV), em parceria com o Porto do Açu e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Com o objetivo de estimular a reflexão, conscientização e participação da comunidade em atividades relacionadas à conservação do meio ambiente, o projeto lançou a 8ª edição do concurso de desenhos e redações com o tema “Resíduos Sólidos: responsabilidade compartilhada”.

 

Para Gleide Gomes, coordenadora de Responsabilidade Social do Porto do Açu, o concurso estimula uma disputa saudável e educativa entre os alunos dos quatro municípios participantes. “A ideia é instigar a criatividade e o lado lúdico das crianças, de forma que elas absorvam o tema de maneira leve e espontânea. Este projeto nos mostra como funciona bem a estratégia de combinar arte e educação ambiental. O nosso objetivo é contribuir cada vez mais para a formação da consciência dos estudantes sobre o papel que exercem em relação ao meio ambiente”, explicou.

 

O gerente da Associação dos Revendedores Agrícolas de Insumo do Norte Fluminense (ASSINF), Herval Pereira, que representa o INPEV na região, destacou a importância desta ação junto às escolas para a disseminação da conscientização ambiental. “O bacana de trabalhar este tema com as crianças é que elas assimilam rápido e adotam de forma genuína a postura correta em relação ao meio ambiente. A nossa missão é prepará-las para que elas possam atuar como multiplicadoras deste conteúdo vital para as gerações futuras”, reforçou.

 

Dentre os trabalhos desenvolvidos pelos estudantes, 96 foram pré-selecionados para disputa. Todos ganharão “kit participação” fornecidos pelo Porto. Serão mochilinhas e cadernos customizados pela Costurarte, cooperativa de costureiras de São João da Barra. Os seis primeiros colocados (três de cada ano) foram selecionados ontem pela comissão julgadora e receberão um prêmio especial por apresentarem os melhores desenhos e redações. A cerimônia de premiação está marcada para o dia 18 de agosto, quando se comemora o Dia Nacional do Campo Limpo. O evento será realizado na Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Defensivos Agrícolas do INPEV, na localidade de Ribeiro do Amaro, em Campos. A cerimônia será iniciada com o hino nacional, seguido de atrações com o tema reciclagem, como teatro infantil, gincana de soletração e “dança do passinho”. O desenho e redação vencedores de cada ano também serão anunciados e ainda participarão da etapa nacional do concurso, que acontece no mês de setembro, em São Paulo.

O Dia Nacional do Campo Limpo, desenvolvido pelo INPEV, faz parte do Calendário Nacional desde 2008. O Instituto é responsável pela logística reversa de embalagens de defensivos agrícolas no Brasil e é parceira do Porto do Açu em ações como esta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *