Parceria da UFRJ com Saúde traz alunos de enfermagem

Em uma parceria que já acontece há alguns anos, entre a Prefeitura – através da Secretaria de Saúde e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), alunos do 9º período do curso de Enfermagem do campus Macaé estiveram no município na quarta-feira (1) para conhecer como é e como funciona a Estratégia de Saúde de Família (ESA). O grupo foi recepcionado pelo secretário de Governo, Márcio Pessanha, que representou a prefeita Fátima Pacheco, que colocou o município à disposição dos alunos da instituição e pela enfermeira da Saúde do Adulto, Sheila Batista, na sala de reuniões do gabinete.

Os 14 alunos estiveram acompanhados da professora Inês Leoneza, da disciplina de Diagnóstico de Microrregião em Saúde, que é enfermeira especialista com doutorado na área de Saúde Coletiva. “Sempre que há oportunidade retornamos a Quissamã e, hoje, viemos conhecer e reconhecer como é organizado o sistema, a sua rede de serviços, a valorização do SUS como Quissamã faz, com eficiência e eficácia. Por isso que o município sempre foi referência para nós na região norte”.

Segundo ela, como futuros profissionais, é preciso que os alunos conheçam o que tem de melhor e mais adequado, como isso funciona, porque não basta viver só a realidade de onde está inserida a universidade e, para tanto, é preciso percorrer vários municípios, principalmente para eles, que estão a um período da formatura.

O contato se deu por aula ministrada pela doutora Delba Barros, profissional atuante na secretaria de Saúde de Quissamã, sobre planejamento, as conferências e a questão orçamentária da prefeitura. “A Delba é uma ótima referência técnica e sempre que possível, acionamos esses profissionais”, esclareceu Inês.

“Houve o interesse em conhecer o funcionamento das Unidades de Saúde do município, principalmente na área de planejamento e organização, onde temos relatórios de como são organizadas as ações na área da saúde, que mostram as características e problemas locais e, ainda os programas ministeriais que temos de acompanhar. Também faremos visita a uma das unidades de Saúde da Família (USF) para que conheçam o sistema de informação da rede e como se integra com os outros serviços da Saúde e ainda, o E-Sus, que é o sistema de informação do Governo Federal que recebe o repasse de toda a informação produzida e que preconiza o prontuário eletrônico”, esclareceu Sheila.

Entre os alunos, alguns fizeram avaliações sobre a importância da visita, como Jéssica Celestino, que falou que agrega muito valor. Já para Hugo Torquato é bem bacana ter a oportunidade de ver como funciona uma estrutura como a do município e o seu gerenciamento, principalmente neste momento em que estão prestes a entrar no mercado de trabalho.

E, em sua fala final, a professora falou do investimento de Quissamã na saúde pública e na importância de ter os próprios funcionários da prefeitura como usuários do sistema. E a aluna Mariana Martins ressaltou isso, por entender que se o servidor da saúde que frequenta as unidades sabe a demanda e necessidades e consegue pensar em estratégias para sempre poder melhorar a qualidade do atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *