Projeto “Reciclando Hábitos” leva alunos ao aterro sanitário

O projeto lançado em agosto, deste ano, contempla estudantes do 5º ao 9º ano da rede municipal como multiplicadores na divulgação da proposta da reciclagem

Alunos do ensino fundamental de 14 escolas que participam do projeto “Reciclando Hábitos”, lançado em agosto, estão visitando esta semana o aterro sanitário da localidade de Conselheiro Josino, no distrito de Vila Nova, área Norte do município. O projeto, que contempla alunos do 5º ao 9º ano da rede municipal como multiplicadores na divulgação da proposta da reciclagem, é realizado em parceria pela secretaria municipal de Desenvolvimento Ambiental (SMDA), a secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Smece) e superintendência de Limpeza Pública.
Ao lado dos professores, 18 estudantes de três das 14 escolas acompanharam nesta quarta-feira (8) a rotina do aterro, para onde é destinada diariamente a maior parte dos resíduos do município. A proposta é fazer com que eles conheçam todo o processo e o que pode ser feito para preservar o meio ambiente.
— Em meio à visita, os alunos fazem “palestrinhas” sobre o tema “reciclagem” no Espaço de Educação Ambiental que existe na área do aterro. Todos eles apresentam o desenvolvimento do projeto na sua escola. Depois, como multiplicadores, mostram suas experiências entre os familiares, amigos e vizinhos — explica a coordenadora do projeto, Deborah Gama, que é diretora de gestão de resíduos da superintendência de Limpeza Pública.
Os alunos estão envolvidos em uma gincana, incluindo a coleta de recicláveis, que conta “pontos” para um “prêmio” à escola vencedora ao final do ano letivo. Participam do projeto alunos das escolas municipais Custódio Generoso, Frederico Barbosa, Dr. Alcindor Bessa, Sagrada Família, Professor Walter Siqueira, Professora Sebastiana Machado, Lídia Leitão, Carmem Carneiro, Branca Pessanha, Amaro Prata Tavares, Professora Eunícia Ferreira e os CIEPs municipalizados Custódio Siqueira, Maestro Vila Lobos e Wilson Batista.
— Essa visita ao aterro sanitário aprimorou e enriqueceu o conhecimento de várias unidades escolares do nosso município. Dividir momentos assim, proporcionados pelo projeto Reciclando Hábitos, com os nossos alunos está sendo maravilhoso. Presenciar todos os dias o interesse, aprendizado e desenvoltura para tornar o nosso ambiente mais equilibrado e consequentemente longe das complicações causadas pelo acúmulo do lixo é de emocionar e nos encher de orgulho. O projeto está sendo um sucesso — disse a coordenadora de Ciências e Educação Ambiental da Smece, Isis Vivório.
Por: Edson Cordeiro – Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *