CAMPANHA DA FRATERNIDADE DE 2018

FRATERNIDADE E SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA  “ VÓS SOIS TODOS IRMÃOS”      (Mt 23,8).

7

A campanha da Fraternidade deste ano, promovida pela conferência dos Bispos dos Brasil –CNBB, será lançada no dia 14 de fevereiro ( quarta-feira de cinzas), terá como tema Fraternidade e Superação da Violência como lema “ Vós sois todos irmãos”, extraído do capítulo 23 do Evangelho de São Mateus ( Mt 23,8), e o objetivo geral é “ construir a fraternidade, promovendo a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, a luz da palavra de Deus como caminho de superação da violência”.
Assim, a Igreja Católica com todas suas Dioceses, Paróquias com suas Pastorais convida toda a sociedade e as pessoas de boa vontade a debater e refletir sobre a razão e as causas de tanta violência no Brasil.
A Igreja está proporcionando uma oportunidade para que pessoas se empenhem em contribuir para termos uma sociedade comprometida com a busca de soluções para o grave problema da violência, que se manifesta de diferentes formas, mas sempre vitimando os mais pobres e indefesos.
Vale enfatizar o que nos diz o Pe. Luis Fernando da Silva, Secretário Executivo das Campanhas da CNBB: “numa sociedade marcada, pela violência, como a brasileira, existe uma hierarquia na qual os mais fortes, detentores de poder econômico, oprimem os mais pobres, negando-lhe uma vida digna”.
Acrescenta, ainda, “inspirados pela Campanha da Fraternidade, podemos identificar, acompanhar e reivindicar políticas públicas para superação da desigualdade social e da violência, estimular nossas comunidades ao compromisso com ações que levem a superação da violência apoiando centros de direitos humanos, comissões de justiça e paz, conselhos paritários de direitos e organizações da sociedade civil que trabalham para a superação da violência”.
Finalizando só me resta dizer “ A violência é um problema de todos, e o remédio é participação de todos”. Assim, vamos nos colocarmos a serviço do reino em prol de uma sociedade mais justa, fraterna, menos desigual e onde todos tenham direitos e oportunidades iguais.

Domingos Vieira
Fonte de consulta: Revista Família Cristã- janeiro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *