Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Denúncia envolvendo capitão da marinha em SJB chega a Brasília

 

6451_denuncia

Empresário Luiz Carlos Manhães remeteu dossiê ao gabinete do comandante da Marinha
Tatiana Freire

A denúncia de corrupção que envolve o chefe da Capitania dos Portos de São João da Barra (SJB), capitão-tenente Luiz Carlos da Silva, chegou a Brasília. O denunciante do caso, Luiz Carlos da Silva Manhães, encaminhou o dossiê elaborado por ele para o Gabinete do Comandante da Marinha, na capital federal. Via e-mail, o sub-chefe do gabinete, capitão-de-Mar-e-Guerra, Sérgio Ricardo Segovia Barbosa, confirmou ter tomado conhecimento do teor da denúncia.

As suspeitas levantadas por Luiz Carlos Manhães vêm sendo investigadas por ele próprio há vários meses. Empresário do ramo marítimo, ele presta serviço para o Porto do Açu desde 2008. Em fevereiro deste ano Luiz estranhou o fato de a empresa do mesmo ramo, New Ocean – que existe desde 2011, mas nunca havia operado no Porto – começar a prestar serviço.

O empresário iniciou as investigações sobre o fato e descobriu que em março deste ano a esposa do chefe da Capitania dos Portos de SJB, Ierecê de Castro e Sousa da Silva, passou a ser sócia igualitária da empresa investigada, dividindo a New Ocean com Paulo da Silva Oliveira.

Suspeito nega acusação de corrupção

“A Capitania dos Portos é responsável pela fiscalização das embarcações, inclusive as da New Ocean, empresa que pertence à esposa dele (do chefe da instituição). O capitão abusou do poder que tem para coagir as empresas que já trabalhavam no Porto e obrigá-las a arrumar trabalhos para a New Ocean”, revelou o empresário.

Por telefone, o chefe da Capitania dos Portos de SJB negou o procedimento das denúncias. “Existe uma denúncia sim, mas não é de corrupção. A Marinha inclusive já está apurando”. As supostas práticas ilícitas foram denunciadas à Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, à Ouvidoria da Capitania dos Portos e também ao Gabinete do Comandante da Marinha. Em 21 de Outubro último a Marinha abriu uma sindicância para apurar o caso.

Através de nota, a assessoria da Marinha informou que “o prazo para o término da sindicância está previsto para o dia 9 de dezembro. Caso a sindicância comprove as irregularidades, será instaurado Inquérito Policial Militar (PM), para posterior envio à Justiça Militar”.

Luiz Carlos Manhães já prestou um primeiro depoimento à Delegacia da Capitania dos Portos de Angra dos Reis, mas não assinou o documento, sob alegação de que “o depoimento escrito havia sido ‘maquiado’ e não condizia com as informações que ele havia acabado de passar”. Por isso, foi novamente intimado a depor no próximo dia 2, desta vez em Macaé.

Créditos: Jornal O Diário

One Response to Denúncia envolvendo capitão da marinha em SJB chega a Brasília

  1. dininhonascimento

    novembro 28, 2013 at 6:01 pm

    “*voz verdade*”na capital da corrupção a cidade da mesma o povo não é bobo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>